Apresentação

O CENSA, como parte integrante do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora ou Salesianas de D. Bosco, constitui uma "rede mundial de educação e de solidariedade" inserida em múltiplos contextos culturais de 1465 comunidades, em 94 países dos 5 continentes. Também ele é, por natureza, vocacionado a uma "missão educativa" comprometida com os princípios e aspirações evangélicos e com as opções e estilo do Sistema Educativo do educador italiano Giovanni Bosco e sua co-fundadora, Maria Mazzarello.

Falar em educação é falar na "construção de pessoas".  Como o desenvolvimento das pessoas acontece necessariamente dentro de um contexto sócio-econômico-cultural específico, que se quer garantir ou transformar, a proposta pedagógica do CENSA tem um referencial político-social decorrente de seus fundamentos.

Vinculada aos princípios evangélicos, sua visão educativa se funda na centralidade da pessoa humana e tem como meta a comunhão social: justa, fraterna, solidária, participativa, livre, democrática, a serviço da vida.

O CENSA visa a formação de pessoas livres, responsáveis, abertas ao transcendente e aos valores humanitários; solidárias com seus semelhantes e capazes de interação positiva com o ambiente no qual se inserem; pessoas conscientes de suas limitações, mas também de sua capacidade de libertar-se em reciprocidade com os outros.  Opta pela solidariedade, não como gesto isolado, mas como cultura da solidariedade, que é atitude permanente e critério de acolhimento do outro de forma positiva, processual, partilhando continuamente os questionamentos e as respostas da vida, particularmente em relação às minorias sociais.

Valoriza o "ser" mais que o "fazer", o verdadeiro mais que o eficiente, a ética mais que a técnica, a comunhão mais que o êxito individual e ajuda a recuperar o "feminino” como apoio emergente da dualidade humana, priorizando o relacionamento afetivo. Faz da alteridade a chave de interpretação da realidade, opondo-se ao modelo vigente de exploração e dominação.

O CENSA estimula a experiência de grupo como lugar, onde se privilegia o protagonismo do jovem e, simultaneamente, se faz uma educação personalizada, favorecendo a relação interpessoal.

Garante a qualidade do ensino e da educação em todos os níveis: trabalha os conteúdos, capacita para o domínio de métodos, técnicas e linguagens, seleciona e qualifica professores, recorrendo a uma metodologia participativa, à problematização das situações e aos processos transformadores da realidade. Desse modo, possibilita ao jovem tornar-se presença significativa no seu contexto sócio-cultural, ciente de que a construção de um projeto de vida, a educação para o trabalho e a profissionalização são instrumentos necessários à inserção responsável na sociedade.

Como matriz indispensável a esta missão, o CENSA se propõe a ser casa que acolhe, família em que cada membro se sente amado e respeitado e aprende a amar e a respeitar o outro, no exercício crescente da cidadania, da solidariedade  e da reciprocidade.