Normal Médio

O Curso de Formação de Professores em nível Médio, na modalidade Normal, funciona desde 1940 quando, através do Decreto-Lei Nº 145/40 teve o seu reconhecimento federal. Mais tarde, adequando-se à legislação vigente, teve a Matriz Curricular de seu Projeto Pedagógico oficialmente aprovada pelo  Parecer  No  917/2000 do CEE/RJ. Em base ao Artigo 62 da LDBEN No 9394/96 continua a oferecer esta formação de Curso Normal em nível médio, preparando com seriedade e eficiência professoras para a Educação Infantil até o 5º ano do Ensino Fundamental.

As/os professoras/es têm se distinguido no magistério local, regional e nacional, comprovando a qualidade e seriedade do trabalho pedagógico altamente significativo da Instituição. Não obstante a qualidade da educação profissional que vem sendo  realizada, o CENSA quis repensá-la em novas bases, mais adequadas ao contexto atual. As áreas ou seus núcleos curriculares são constituídos de conhecimentos, valores e competências, assegurando a formação básica geral e comum, a compreensão da gestão pedagógica da Educação Escolar e a produção do conhecimento a partir da reflexão da prática.

Para garantir o domínio dos conteúdos curriculares necessários à aquisição das competências gerais e específicas, temos como referenciais o disposto nos artigos 26, 27, 35 e 36 da LDBEN, o estabelecido nas diretrizes curriculares nacionais para a educação básica e os conhecimentos de filosofia, sociologia, história e psicologia educacional, da antropologia, da comunicação, da informática, das artes e da lingüística, entre outras.
Inspiradas nos ideais de solidariedade, liberdade e justiça social, buscamos formar professores para a docência na Educação Infantil e nos cinco primeiros anos do Ensino Fundamental, tendo como perspectiva a educação escolar considerada, na sociedade contemporânea, direito de todos e dimensão inalienável da cidadania plena.

O Curso, em função de sua natureza profissional, requer ambiente institucional próprio, com organização adequada à identidade de sua proposta pedagógica. O CENSA proporciona, então, as melhores instalações, equipamentos e serviços a seu corpo docente e discente: conjunto arquitetônico totalmente apropriado para o mundo da criança de 02 a 05 anos; laboratórios de informática, de som e imagem, de  ciências físico-quimico-biológicas e de psicopedagogia; biblioteca geral, pedagógica e infanto-juvenil atualizadas; ambientes para oficinas de teatro, música, dança e coral. Todos eles constituem espaço para estágio permanente na Educação Infantil e nos cinco primeiros anos do Ensino Fundamental. Acresce ainda o Serviço de Orientação Psicopedagógica, excelente campo para a prática de acompanhamento de crianças em seu processo de aprendizagem.

Segundo os Pareceres e Resoluções CEB/CNE referentes às Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil, o Ensino Fundamental e Médio buscamos preparar professoras/es capazes de:
. investigar problemas que se colocam no cotidiano escolar e construir soluções criativas mediante reflexão socialmente contextualizada e teoricamente fundamentada sobre a prática;
. desenvolver práticas educativas que insiram as futuras professoras no mundo social, através de abordagens condizentes com suas identidades e o exercício da cidadania plena, as especificidades do processo de pensamento, da realidade sócio-econômica, da diversidade cultural, étnica, de religião, gênero, nas situações de aprendizagem;
. utilizar linguagens tecnológicas em educação disponibilizando na sociedade da comunicação e informação, o acesso democrático a diversos valores e conhecimentos;
. integrar teoria-prática a partir da iniciação à pesquisa científica, assumida como princípio educativo. Para conclusão de curso são  feitas monografias temáticas sobre o cotidiano escolar, questões da aprendizagem e estudos de caso. Estes trabalhos, apresentados a uma banca constituída por professores da própria escola,  permitem avaliar a qualidade do curso e dos próprios alunos concluintes.

O trabalho é realizado de maneira integrada, inter e transdisciplinar,  buscando uma visão global das questões educacionais. Esses processos visam o desenvolvimento de práticas educativas que integrem os múltiplos aspectos constitutivos da identidade das alunas, que se deseja sejam professores responsáveis e capazes de protagonizar ações autônomas e solidárias no universo de suas relações pessoais, sociais e ecológicas.

O efetivo exercício da docência, ao longo do curso, como estágio em suas múltiplas modalidades, na Educação Infantil e no 1º segmento do Ensino Fundamental, é parte integrante e significativa da formação das/os professoras/es além de contextualizar e transversalizar  todo o campo do saber pedagógico.